referências

<<<Retorno para home page (português).

  • Gynaecological Endoscopy. Chapman and Hall Medical, 1988.

Autores: Alan G. Gordon and B. Victor Lewis.


  • Testo Atlante di Isteroscopia Diagnostica ed Operativa. Firenze, Poli Industria Chimica S.p.A., 1989.

Autores: Luca Mencaglia, Antonio Perino and G. Gilardi.


  • La Sterelità Umana. Edizioni Cofese, 1990.

Autores: Ettore Cittadini, Francesco Gattuccio, Giovanni B. La Sala and Roberto Palermo.


  • Hysteroscopy and Microcolpohysteroscopy: Text and Atlas. Appleton & Lange, 1991.

Autor: Jacques E. Hamou.
Contributors: Ettore Cittadini, Antonio Perino, René Frydman, Jacques Salat-Baroux, Luca Mencaglia and Patrick J. Taylor.


  • Textbook of Gynecology. W.B. Saunders Company, 1993.

Autores: Larry J. Copeland.


  • Atlas of Gynecologic Endoscopy. Times Mirror International Publishers Limited, 1995.

Autores: Alan G. Gordon, B. Victor Lewis and Alan H. DeCherney.


  • Modern Clinical Technical Hysteroscopy (CD-ROM). Lasion Europe nv.,1998.

Autores: Van Belle and Van Der Pas.


  • Histeroscopia - Uma Abordagem Prática. Editora Médica e Científica Ltda., 2002.

Autores: Ricardo Lasmar and Paulo Barrozo.


  • Histeroscopia Diagnóstica. Editora Médica e Científica Ltda., 2002.

Autores: Luca Mencaglia and Luiz Cavalcanti de Albuquerque Neto.


  • Handbook of Outpatient Hysteroscopy, 2005.

Autores: T Justin Clark and Janesh K. Gupta.

T Justin Clark, Janesh K. Gupta

vídeos

Este link foi atualizado pela última vez em 01 de outubro de 2000 e revisado em 20 de julho de 2005.


Estes vídeos deverão ser citados:

"Autor". E-book histeroscopia. In: http://www.histeroscopia.med.br/. Acesso em:


Ablação do endométrio com laser (Janesh Gupta) QuickTime - 160x120 - 681KB.

imagens

Este link foi atualizado pela última vez em 01 de outubro de 2000 e revisado em 20 de julho de 2005.


Estas imagens deverão ser citadas:

"Autor". E-book histeroscopia. In: http://www.histeroscopia.med.br/. Acesso em:


Adenomiose (Walter A P Pace).

complicações

<<<Retorno para home page (português).

Este link foi atualizado pela última vez em 01 de outubro de 2000 e revisado em 20 de julho de 2005.


Este texto deverá ser citado:

Afonso JS. E-book histeroscopia. In: http://www.histeroscopia.med.br/. Acesso em:


José Sebastião Afonso


A histeroscopia, como todo procedimento invasivo, pode apresentar complicações,

contra-indicações

<<<Retorno para home page (português).

Este link foi atualizado pela última vez em 01 de outubro de 2000 e revisado em 20 de julho de 2005.


Este texto deverá ser citado:

Afonso JS. E-book histeroscopia. In: http://www.histeroscopia.med.br/. Acesso em:


José Sebastião Afonso


As principais contra-indicações são:

indicações

<<<Retorno para home page (português).

Este link foi atualizado pela última vez em 01 de outubro de 2000 e revisado em 20 de julho de 2005.


Este texto deverá ser citado:

Afonso JS. E-book histeroscopia. In: http://www.histeroscopia.med.br/. Acesso em:


José Sebastião Afonso


A cavidade uterina pode ser explorada pela ultra-sonografia, histerossonografia, histerografia, curetagem e biopsia do endométrio. Se existe alguma indicação para esses procedimentos, provavelmente poderá ser complementada ou substituída pela histeroscopia.

As principais indicações diagnósticas são:

Sangramento uterino anormal.

Aborto habitual.

Patologia uterina suspeita por outro método de malformação uterina, pólipo do endométrio, sinéquia, mioma submucoso com e sem componente intramural.

Follow-up de cirurgia histeroscópica, complicações na curetagem, doença trofoblástica, implante utero-tubárico e anastomose istmo-interticial.

GIFT, ZIFT, TET, FIVET. 

Metaplasia óssea do endométrio.

Amenorréia secundária e com teste estrogênico-progestínico negativo.

Dor pélvica.

Câncer.

As principais indicações cirúrgicas são:

Sinéquia.

técnica

<<<Retorno para home page (português).

Este link foi atualizado pela última vez em 01 de outubro de 2000 e revisado em 20 de julho de 2005.


Este texto deverá ser citado:

Afonso JS. E-book histeroscopia. In: http://www.histeroscopia.med.br/. Acesso em:


José Sebastião Afonso


Diagnóstica:

instrumentos

Este link foi atualizado pela última vez em 07 de novembro de 2002 e revisado em 20 de julho de 2005.


Este texto deverá ser citado:

Afonso JS. E-book histeroscopia. In: http://www.histeroscopia.med.br/. Acesso em:


Este site não possui nenhum patrocinador e a propaganda não é fonte de recursos. O autor usa equipamentos e serviços da Russer Ltda.

historia e referências do site

<<<Retorno para home page (português).

http://www.histeroscopia.med.br/hysteroscopy.htm (1998-2005)

Translated by Eurípides Tahan Vieira, MD
 

first home page

historia

<<<Retorno para home page (português).

Este link foi atualizado pela última vez em 20 de julho de 2005.

  • Désormeaux, em 1865, produz o primeiro cistoscópio.
  • Pantaleoni, em 1869, realiza a primeira histeroscopia utilizando o instrumento de Désormeaux. Isola e cauteriza um pólipo uterino com nitrato de prata.
  • Nitze, em 1879, desenha e produz um endoscópio usando os princípios modernos.
Syndicate content